Nova missão da NASA deverá encontrar planetas rochosos em zonas habitáveis

Será que vamos descobrir planetas com grande potencial de abrigar vida?



O Programa de Exploração da NASA selecionou duas missões para ter lançamento em 2017 : um satélite de busca por planetas e um instrumento para a Estação Espacial Internacional, que observará emissões de raios-X das estrelas. O satélite TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) e o programa NICER (Neutron Star Interior Composition Explorer) estavam entre quatro estudos conceituais apresentados em setembro de 2012. NASA determinou que TESS e NICER oferecem o melhor valor científico e planos de desenvolvimento mais viáveis.

Concepção artística da sonda TESS.
Créditos: Equipe TESS / NASA


TESS usará uma série de telescópios para realizar um levantamento de todo o céu, e para descobrir exoplanetas em trânsito que vão desde planetas do tamanho da Terra até gigantes gasosos, que orbitam em torno das estrelas mais próximas e mais brilhantes no céu. Seu objetivo é identificar planetas terrestres nas zonas habitáveis ​​de estrelas próximas. O investigador principal da missão é George Ricker, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts em Cambridge.


NICER será montado na estação espacial e medirá a variabilidade das fontes de raios -X cósmicos, um processo chamado de 'tempo de raios-X' , para explorar os estados exóticos da matéria dentro de estrelas de nêutrons e revelar suas composições interiores e superficiais. O investigador principal é Keith Gendreau, do Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt, Maryland.

Concepção artística mostra instrumentos
da missão NICER acoplados à ISS.
Créditos: NASA / JPL-Caltech


"O Programa de Exploração da NASA tem uma longa história no envio de missões verdadeiramente inovadoras que estudam algumas das questões mais interessantes da ciência espacial", disse John Grunsfeld, administrador científico da Nasa, em Washington. "Com essas missões, vamos aprender sobre os estados mais extremos da matéria enquanto estudamos as estrelas de nêutrons, e vamos identificar muitos sistemas estelares próximos com planetas rochosos na zona habitável, em um estudo mais aprofundado utilizando o Telescópio Espacial James Webb".

Fonte: Dailygalaxy  /  NASA
27/12/13

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário