Estamos observando o nascimento de um exoplaneta gigantesco!

nascimento de planeta LkCa 15 b
Os astrônomos conseguiram observar um planeta em formação pela primeira vez!



O planeta orbita uma estrela muito jovem, parecida com o Sol, localizada em uma gigantesca nuvem molecular a 450 anos-luz da Terra, na constelação de Touro.

Os astrônomos já haviam notado uma lacuna no disco de gás e poeira que cerca a estrela, conhecida como LkCa 15. Eles suspeitaram que aquilo se tratava de uma atração gravitacional de um planeta em evolução numa zona orbital, semelhante à forma como algumas luas criam lacunas nos anéis de Saturno.

Agora, uma nova série de observações acrescentaram detalhes importantes sobre o processo de formação, mostrando pela primeira vez como ele está se alimentando de gás e hidrogênio.

LkCa 15 - exoplaneta em formação
Ilustração artística mostra o exoplaneta LkCa 15 b em formação ao redor de sua estrela hospedeira,
que se encontra a 450 anos-luz da Terra, na constelação de Touro.
Créditos: Karen L. Teramura / UH IfA

"Esta descoberta tem profundas implicações para a nossa compreensão do processo de formação planetária e das propriedades dos planetas jovens", disse o astrofísico da Universidade de Princeton, Zhaohuan Zhu.

A pesquisa, publicada na revista Nature, também revela que o planeta chamado LkCa 15 b, parece ter um ou dois irmãos.

"Vemos a estrela e uma lacuna, e alguns pontos de luz nessa lacuna. Esses seriam os candidatos a planeta", disse a estudante de graduação em Astronomia Stephanie Sallum, da Universidade do Arizona.

LkCa 15
Na imagem vemos as observações feitas pelos cientistas. Á esquerda, o disco LkCa 15, e à direita
vemos uma região aproximada onde encontram-se os pontos de luz. O local da estrela está marcado.
Créditos: Kraus & Ireland

Como a estrela LkCa 15 encontra-se muito distante, a distância entre ela e seu planeta, de acordo com o nosso ponto de vista, parece assustadoramente pequena. É como se estivéssemos enxergando um ponto a uma distância de 1 quilômetro.

Com óptica adaptativa que corrige as distorções atmosféricas, e uma nova técnica de mascaramento, Stephanie e seus colegas usaram o Telescópio Binocular Grande no Arizona para espiar essa pequena fenda entre a estrela e o novo planeta. Lá eles encontraram impressões digitais químicas reveladores de hidrogênio super aquecido, a mais de 9.000°C, sendo atraído pelo planeta LkCa 15 b. A distância entre o exoplaneta em formação e sua estrela é cerca de 16 vezes a distância media entre a Terra e o Sol.




Já nos planetas irmãos, os astrônomos não conseguiram detectar emissões semelhantes. "Pode ser que não estamos vendo a luz porque ela está sendo bloqueada por poeira. Outra opção é que a acreção pode não ser algo constante", disse Stephanie.

Os astrônomos terão muito tempo para continuar observando a formação do exoplaneta LkCa 15 b, porém, não será tempo suficiente. Segundo modelos feitos em computador, a formação de planetas pode durar milhões de anos.

A grande questão levantada pela formação de LkCa 15 b é: como um planeta gigante pode se formar em torno de uma estrela com apenas 2 milhões de anos?!



Fonte: Nature / Space
Imagens: (capa-ilustração/divulgação) / Karen L. Teramura / UH IfA / Kraus & Ireland
25/11/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Puxa! Então Laplace e Emmanuel Kant estavam certos, desde 1750!!! Isso é que é gênios! Esta modelagem existe a 264 anos e foi comprovada pela tecnologia de ponta atual. A lógica é o alfabeto usado para escrever o Universo. Se a redação tiver mais fotos desta espetacular gênese extrassolar, publiquem, por favor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No artigo da Universidade de Stanford encontramos uma outra ilustração artística (incluindo 3 exoplanetas em formação) e mais imagens reais de observações. Veja:

      http://news.stanford.edu/news/2015/november/proto-planet-forming-111815.html

      Abraços!

      Excluir
  2. velho esse planeta e gigantesco ou e a estrela que e puequena demais

    ResponderExcluir
  3. Mas ele tem alguma chance de abrigar vida só observando os gases , poeira cosmica entre outros que ele está se formando ?

    ResponderExcluir