NASA revela grande descoberta sobre a atmosfera e o clima de Marte

nasa revela grande descoberta sobre Marte
O Sol teve um grande papel na mudança drástica de todo o clima marciano...



Assim como a NASA havia prometido em um comunicado oficial, a agência espacial norte-americana revelou uma grande descoberta sobre a atmosfera de Marte. A missão MAVEN (que estuda a evolução da atmosfera volátil de Marte) identificou o processo que pode ter desempenhado um papel fundamental na mudança drástica da atmosfera marciana, de quente e úmida (que poderia ter abrigado vida) para a superfície fria e árida que conhecemos hoje.

Os dados obtidos pela MAVEN mostram que a atmosfera de Marte atualmente está perdendo gás para o espaço por conta dos fortes ventos solares. Os resultados revelam que a erosão da atmosfera de Marte aumenta significativamente durante as tempestades solares. Os resultados científicos da missão foram publicados na revista Science and Geophysical Research Letters.




"Marte parece ter tido uma espessa atmosfera quente o suficiente para suportar água líquida, ingrediente fundamental para a vida que conhecemos", disse John Grunsfeld, astronauta e administrador associado da Diretoria de Missões Científicas da NASA. "Entender o que aconteceu com a atmosfera de Marte nos trará o conhecimento sobre a dinâmica e a evolução de qualquer atmosfera planetária."

As medições da sonda MAVEN indicam que os ventos solares arrancam o gás da atmosfera marciana a uma taxa de aproximadamente 100 gramas por segundo. "Como o roubo de algumas moedas de uma caixa registadora todos os dias, a perda se torna significativa ao longo do tempo", disse Bruce Jakosky, investigador principal da missão MAVEN na Universidade do Colorado, Boulder. "Nós vimos que a erosão da atmosfera aumenta significativamente durante as tempestades solares, então isso nos leva a crer que a taxa de perda foi muito maior a bilhões de anos atrás, quando o Sol era jovem e muito mais ativo."




Uma série de tempestades solares intensas atingiram a atmosfera de Marte em março de 2015, e a missão MAVEN descobriu que a perda atmosférica foi acelerada.

O vento solar é uma corrente de partículas, composta principalmente por prótons e elétrons, que flui da atmosfera do Sol a uma velocidade de cerca de 1,6 milhões de km/h. O campo magnético de Marte, quando atingido pelo vento solar, pode gerar um campo elétrico, o que acelera átomos de gás eletricamente carregados, chamados íons, na atmosfera superior de Marte, e os ejeta para o espaço.

Os cientistas também examinaram como vento solar e a luz ultravioleta arranca parte da atmosfera marciana, e os resultados indicam que essa perda acontece principalmente em 3 regiões do Planeta Vermelho: abaixo da cauda (atrás de Marte); acima dos pólos (como uma nuvem polar) e ao redor de um gás que circunda todo o planeta. A equipe determinou que 75% dos íons que escapam vêm da direção da cauda, e quase 25% são dos pólos, e apenas uma pequena fração vem do gás que envolve todo o planeta.


Regiões antigas em Marte possuem sinais de que o Planeta Vermelho já foi rico em água líquida, com rios, lagos e talvez até oceanos. Recentemente, pesquisadores usando a sonda Mars Reconnaissance Orbiter da NASA observaram o aparecimento de sais hidratados indicando água líquida salgada em Marte. No entanto, a atmosfera de Marte atualmente é muito fria e fina para suportar quantidades grandes e extensas de água líquida por muito tempo.




A missão MAVEN da NASA foi lançada em novembro de 2013, e tem o intuito de determinar como a atmosfera de Marte se perdeu no espaço, e como a água líquida desapareceu de forma significativa. MAVEN é a primeira missão dedicada a compreender como o Sol pode ter influenciado as mudanças atmosféricas no Planeta Vermelho, e sua principal missão científica terminará em 16 de novembro de 2016.

Entender a perda da atmosfera marciana é importante para compreender o mecanismo que fez com que o Planeta Vermelho se tornasse em um deserto gelado. Entender esse conceito nos dará um vislumbre de como outros planetas podem perder sua atmosfera, e portanto, perder a habilidade de hospedar vida como a que conhecemos. Além disso, entender o que aconteceu com a atmosfera e com o clima marciano é importante para compreender melhor qual será o futuro do nosso próprio planeta.



Fonte: NASA / MAVEN
Imagens: (capa-ilustração/NASA) / NASA MAVEN
06/11/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

27 comentários:

  1. Interessante, mas em relação a magnetosfera de Venus? Li que é tão pequena que talvez seja proxima a superficie, e mesmo assim possui uma atmosfera muito espessa. Porquê o vento solar não seria tão mortal para atmosfera de Venus quanto foi para Marte?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peterson, tudo indica que Vênus tem um núcleo de ferro tão quente quanto o da terra, isso se deve ao fato do planeta ter o tamanho necessário para criar um campo magnético parecido com o da Terra. Isso não acontece em Marte, por ter uma massa inferior, um tamanho inferior e por ter seu núcleo praticamente solidificado.

      Excluir
  2. Respostas
    1. a terra tem um campo magnético muito mais forte que marte e desvia quase todas as particulas que causariam problemas a atmosfera

      Excluir
  3. pensei que ela fosse falar de vida em marte,oxigenio em marte,antigas civilizações.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk tbm pensei, mas isso pode levar a outros assuntos, se as tempestades solares fazem isso com a atmosfera de marte, o que garante que não faça com a nossa que está bem mais perto do sol???

      Excluir
    2. a terra tem um campo magnético muito mais forte que marte e desvia quase todas as particulas que causariam problemas a atmosfera

      Excluir
  4. Na verdade eu já tinha pensado sobre isso e tinha essa hipótese em mente. Não fiquei surpreso.

    ResponderExcluir
  5. Anderson, nem mesmo os mais sábios cientistas sabem explicar como o campo magnético da terra é tão poderoso, como eles dizem: "O complexo campo magnético da Terra". A vida na terra não é por acaso tudo é muito perfeito e bem planejado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Planejado?! Como assim? Por quem ou pelo o quê?!

      Excluir
    2. Elias,planejado por vidas mais inteligentes que a nossa. Existe todo um sistema inteligente e avançado tecnologicamente que "prepara"alguns planetas possíveis para abrigar vida,depois semeia a vida...

      Excluir
    3. Arão, isso me fez lembrar um projeto da própria NASA, que pretende colocar em prática o cultivo de plantas no planeta vermelho, talvez este seja o primeiro passo para a colonização de um vizinho e no futuro, quem sabe, de um planeta em torno de outra estrela.

      Excluir
    4. Aiaiai...semeia vida...

      Não é mais fácil supor que a vida está em estado latente e aparece quando as condições são propícias, e o fato de haver vida na Terra é apenas porque este planeta, como provavelmente muitos outros, apresentou tais condições em determinada era?

      Excluir
    5. Aiaiai...semeia vida...

      Não é mais fácil supor que a vida está em estado latente e aparece quando as condições são propícias, e o fato de haver vida na Terra é apenas porque este planeta, como provavelmente muitos outros, apresentou tais condições em determinada era?

      Excluir
    6. Meus caros, acho que logo pelas pesquisas acharâo ou Já acharam algo que mostrasse um tipo de vida em marte... e por isso esta corrida mosntruosa em descobrir outros planetas semelhantes a terra... Creio, que foi como aconteceu no filme O planeta dos macacos, onde os astronautas descobriram na terra proibida, pelos macacos, a verdadeira história e viram ali que era o espelho do passado monstruoso feito pela ganância e egoismo humano, sem respeitar a vida e principios básicos... qu ali estava explícito a destruição de uma raça e civilização!

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. se disse se que viu um homen andando sobre o solo marciano eu n mi adimerava

    ResponderExcluir
  8. Desde guri que ouço falar em fim de mundo, seres extraterrestres,viagem ao espaço á procura de vidas além da nossa. Cresci e até agora não há nada que comprove a existência de algum fato citado. O que eu vejo é uma corrida desenfreada de uma agência chamada espacial chamada NASA que quer provar sua superioridade em relação a outros países com os mesmos interesses e consequentemente adquirir a supremacia do capitalismo. Eles deveriam admitir que eles são os artistas principais no que diz respeito ao lixo que deixam na estratosfera com suas pesquisas,transformando a natureza que é mais forte do que se possa imaginar.
    Realmente acredito que já tenha havido num periodo longiquo vida em Marte e que foi destruída por tentarem a grosso modo fazer o mesmo que eles estão fazendo para suas descobertas.
    Podem notar que farão uma viagem somente de ida a Marte, pq eles sabem que não há possibilidades de retorno: temperaturas baixas, artmosfera quase que inexistentes e feita quase que somente de CO2 e pior, uma incidência altíssima de radiação na forma de luz ultravioleta do sol e tbm partículas pelas explosões solares e raios cósmicos.
    Quem é o imbecil com um pouco de inteligência para fazer uma viagem dessa mortífera e inútil?
    Pq eles cientistas não se aventuram sozinhos sem colocar os seres humanos que admiram a astrologia nessa viagem que mais parece com a punição da cadeira elétrica.
    Pq eles tem tecnologia para pousar em Marte , mas não tem para retornar a Terra?
    Não acredito que o homem tenha pisado na Lua. Na minha visão foi uma extraordinária montagem. E pq não voltaram mais ?
    Como já vi vários comentários a Nasa esconde muitas coisas e seus projetos são absurdamente caros pelos resultados que oferecem a humanidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Papo furado mesmo... A maior prova de que os astronautas foram de fato pra Lua, é que a própria União Soviética admitiu e baixou a cabeça, se fosse montagem e eles não tivessem ido realmente, os russos iriam cair em cima matando e os americanos teriam virado a piada do século, tá bom q os russos não teriam aproveitado uma oportunidade de ouro dessas pra humilhar e ridicularizar os americanos, como disse o Jucá, o céu é azul e a água é molhada :P

      Excluir
    2. a NASA mente muito...não acredito em um por cento eu eles mostram

      Excluir
  9. Alguem pra conversa comigo sobre Marte , preciso de explicações para dizer q acredito q um dia ira ter possibilidade de viver em Marte. Pq como sabemos as coisas evoluem, possamos dizer q Marte um dia ira evoluir ate um ponto habitável

    ResponderExcluir
  10. Alguem pra conversa comigo sobre Marte , preciso de explicações para dizer q acredito q um dia ira ter possibilidade de viver em Marte. Pq como sabemos as coisas evoluem, possamos dizer q Marte um dia ira evoluir ate um ponto habitável

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, seria um sonho né??? A humanidade desenvolvida poderia ir pra Marte e largar os retardados aqui q se danassem com as suas religiões nojentas e suas guerras imbecis, não tenha dúvidas de que Marte já foi habitável um dia e pode voltar a ser, mas precisa de MUITA tecnologia pra se alcançar esse objetivo, no momento eles mal conseguem mandar uns robozinhos fulecos pra lá, a tecnologia necessária pra terraformar Marte vai levar muitos anos, eu acredito q vai levar mais de mil anos só pra humanidade começar a se estabelecer com algumas colônias em Marte, o q dirá uma terraformação, mas eu acredito sim q a humanidade conseguirá este objetivo a longo prazo :)

      Excluir
  11. Acho interessante eles realizarem estas pesquisas, mais quanto ao fotor vida fora da terra, istos e impossível,o único planeta apto a ter vida foi a nossa terra

    ResponderExcluir