AO VIVO: Máxima aproximação do asteroide 2018 CB com a Terra (reprise)

máxima aproximação do asteroide 2018 CB
O asteroide 2018 CB está prestes a visitar as redondezas do nosso planeta - acompanhe em tempo real


Como informamos aqui em nosso site há alguns dias, o asteroide 2018 CB, descoberto no último domingo (4) fará sua máxima aproximação com a Terra nessa sexta-feria, 9 de fevereiro.



E como de costume, disponibilizaremos aqui em nosso site uma transmissão ao vivo desse evento, com imagens em tempo real do asteroide 2018 CB vistas a partir de telescópios, uma cortesia do Projeto Virtual Telescope.


Transmissão ao vivo: máxima aproximação do asteroide 2018 CB (reprise)

A live ocorreu com sucesso. Por conta de problemas técnicos tivemos um atraso. Já está disponível a reprise da transmissão.


Essa transmissão ao vivo teve narração do astrônomo Gianluca Masi (em inglês e italiano). Conheça também o site oficial do Projeto Virtual Telescope.


O asteroide 2018 CB passará bem pertinho da Terra

Esse asteroide chegará no ponto de maior aproximação com a Terra ás 10:06 UTC do dia 10 de fevereiro, quando passará a menos de 20% da distância da Lua. Seu tamanho foi estimado entre 12 e 38 metros de diâmetro, ou seja, teria capacidade suficiente para causar estragos se caísse sobre uma cidade populosa, como São Paulo ou Rio de janeiro, por exemplo.




Para se ter uma ideia, o asteroide de Chelyabinsk, que explodiu sobre a cidade russa de mesmo nome em fevereiro de 2013, tinha cerca de 20 metros de diâmetro. Sua explosão teve energia suficiente para estilhaçar vidraças de centenas de casas e edifícios - na ocasião, mais de 1.000 pessoas ficaram feridas.

Meteoro de Chelyabinsk
Rastro deixado pelo asteroide de Chelyabinsk durante sua entrada na atmosfera.
Créditos: Cyberborean / divulgação

Mas podemos ficar tranquilos, pois o asteroide 2018 CB não tem chances de atingir nosso planeta, segundo os pesquisadores. Sua órbita, apesar de ter sido conhecida recentemente, se mostra segura o bastante.

No mesmo dia em que o asteroide 2018 CB foi descoberto, outra rocha espacial também foi encontrada. Nomeada 2018 CC, ela também fez sua máxima aproximação com a Terra nessa semana, no dia 6 de fevereiro, e essa também não apresentava riscos de colisão com o nosso planeta.




Diversos observatórios espalhados pelo globo monitoram constantemente as redondezas do nosso planeta em busca de asteroides que poderia representar riscos de colisão. Até o momento não há qualquer rocha espacial "conhecida" que tenha chances reais de dar de cara com a Terra... Pelo menos até agora!


Imagens(capa-ilustração/divulgação) / Virtual Telescope Project / Cyberborean / divulgação
09/02/18



Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. Boa noite. Sobre o asteróide que caiu em Cheliabinsky, a NASA tinha feito previsões que isto iria acontecer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Asteroide de Chelyabinsk q caiu na Russia, n foi detectado por ninguem, nenhum observatorio, muito menos pela Nasa, o motivo é bem simples, esse asteroide foi de origem diurno, explicando melhor , vindo no sentido do sol o tempo todo, tanto que que caiu nas primeiras horas do dia, resumindo, por nossa sorte asteroides vindo nessa direção são raros , na maioria são os que vão indo na direção do sol, portanto noturnos, fáceis de serem detectados á noite, espero ter ajudado.

      Excluir